Perdizes à Conde de Tomar

Perdizes à Conde de Tomar

A receita das “Perdizes à Conde de Tomar” é uma saborosa herança de família. O pai de Sofia Pinto da França, bisneto do Conde de Tomar, deliciava-se com as perdizes em casa dos seus avós maternos. A receita passou de geração em geração, mantendo-se, até há pouco tempo, em segredo na família. Sofia partilha-a em primeira mão com o À Mesa Portuguesa.

António Bernardo, pai de Sofia, apreciava a boa mesa, tinha sentido culinário e o gosto apurado. Sofia lembra-se dos relatos do pai sobre a casa dos Avós Costa Cabral, “S. Roque”, como sendo considerada uma das melhores mesas de Lisboa naquela época. A receita terá essa origem.


Comentários